Recentemente, alguns grupos de fãs da DC tentaram boicotar Pantera Negra de duas maneiras diferentes, a primeira foi tentar abaixar sua nota no site Rotten Tomatoes (saiba mais) e em um evento no Facebook, que chegou a ter mais de 2 mil confirmações e tinha como descrição:

“Dado o sucesso da sabotagem da nota de Star Wars: Os Últimos Jedi no Rotten Tomatoes, e considerando a crescente insatisfação com as práticas da Disney e outras corporações que manipulam e criam imprensa negativa para o universo da DC, eu sinto que é hora de retribuir e esmagar a casa de Mickey por suas ações em pagar críticos da DC e outros afetados por eles. Eu farei eventos como esse para Guerra Infinita e séries da Netflix para que possamos nos unir e fazer a diferença. Compartilhem com seus amigos e simpatizadores”.

Em entrevista para o Huffington PostRyan Coogler comentou brevemente a polemica:

Quero mostrar o filme para todo mundo, independente das suas visões políticas. É isso que acredito.”

Na sinopse, após os eventos de Capitão América 3, o Rei T’Challa retornou para sua casa, a reclusa e tecnologicamente avançada Wakanda, para ser o novo líder de sua nação. Porém, o trono do herói é ameaçado por facções de seu próprio país. Quando dois inimigos conspiram para destruir Wakanda, T’Challa precisará se unir ao agente da C.I.A Everett K. Ross e membros do Dora Milaje para evitar que essa luta se transforme em uma guerra mundial.

Longa tem direção de Ryan Coogler Chadwick Boseman como protagonista. Lançamento acontece neste mês.

Comments

comments