Leland Chee, que integra o grupo oficial que desenvolveu o novo universo de histórias para Star Wars, revelou ao Syfy, que um dos principais motivos dos livros, quadrinhos e até Games da franquia deixassem de ser canônico, foi a morte de Chewbacca no livro Vector Prime (1999). Segundo ele, personagem precisava aparecer no cinema.

“Para mim, percebi simplesmente que tínhamos matado o Chewbacca no Legends – uma grande Lua tinha caído nele. Parte da decisão original [de rebootar o universo expandido] foi o Chewbacca. Ele não consegue falar, se comunica com grunhidos, era um personagem desafiador para os livros. Os editores decidiram que precisavam matar alguém e foi o Chewbacca”.

“Mas, se você tiver a oportunidade de trazer o Chewbacca para um filme live-action, você não pode privar os fãs disso. Não há como querer fazer um Episódio VII sem o Chewbacca e explicando que uma Lua caiu na cabeça dele. E, se vamos voltar numa decisão como essa, todo o resto era bem menor, em comparação”.

Elenco de Os Últimos Jedi conta  com Daisy Ridley (Rey), Jonh Boyega (Finn), Mark Hamill (Luke Skywalker), Adam Driver (Kylo Ren), Carrie Fisher (General Leia) e Rian Johnson (Looper: Assassinos do Futuro) na direção. Longa já está em cartaz nos cinemas nacionais.

Comments

comments