De acordo com o CBMStan Lee foi acusado de assédio sexual por enfermeiras que trabalharam em sua casa, em Los Angeles. Segundo o site, uma empresa de enfermagem parou de trabalhar com Lee após receber diversas reclamações, que incluíam andar pelado, pedir sexo oral e “apalpar” as jovens enfermeiras que trabalhavam em sua casa.

Até o momento, nenhum processo, ou queixa criminal foi realizada. Um advogado representando Lee negou as afirmações dizendo que são “falsas e desprezíveis” e diz que o quadrinista está sendo vítima de extorsão.

 “O Sr. Lee não será chantageado e não pagará para ninguém pois ele não fez nada de errado”

 disse em declaração oficial.

A companhia de enfermagem que o acusa parou de trabalhar com Lee no final de 2016. Para ver a matéria original da acusação Clique Aqui.

 

Comments

comments