O diretor Denis Villeneuve revelou em entrevista à Screen Crush sobre que Blade Runner 2049 inicialmente era tão longo que quase foi lançado em duas partes no cinema:

“O primeiro corte tinha mais de quatro horas e quando vimos pensamos ‘Ok, será que vamos à produtora e pedimos para lançá-lo em dois?’. Mas vamos dizer que isso não saiu da sala de edição. Não, a melhor versão do filme é que foi para o cinema. O que é surpreendente é que a versão de quatro horas era bem forte. Mas pessoalemnte eu prefiro a que foi para o cinema porque é mais elegante. Mas tinham algumas cenas que eram muito fortes.”

 “Não mostrarei para ninguém a versão de quatro horas, não funciona. O filme certo é o que existe (…) Trabalhando com outras pessoas talvez eu tivesse pressão para cortar o filme. E ele seria pior, porque este é o filme que precisava ser. Se fosse mais curto, seria pior.”

Com orçamento de US$ 150 milhões, o longa arrecadou pouco mais de US$ 194 milhões mundialmente nas três semanas que esteve em cartaz, fracasso que não refletiu na opinião dos críticos, resultando em 88% de aprovação da mídia especializada no Rotten Tomatoes e 81% no Metacritic.

Blade Runner 2049 estreou em 5 de outubro e você pode conferir nossa crítica AQUI

 

Comments

comments