O diretor Zack Snyder foi criticado após ter postado uma nova foto das Amazonas de Liga da Justiça em sua conta no Vero. A polêmica foi causada porque as roupas das atrizes eram mais “reveladoras” do que as mostradas no filme da Mulher-Maravilha, dirigido por Patty Jenkins.

Parte do público e mídia começaram a criticar Snyder dizendo que houve sexismo por sua parte. No Twitter um usuário até fez uma comparação.

 

“Aqui está uma imagem de como as amazonas são em Mulher-Maravilha, e como são em Liga da Justiça. Primeiro figurino desenhado por Lindy Hemming, segundo por Michael Wilkinson”.

Mas será que realmente houve sexismo ou as pessoas apenas se precipitaram em julgar sem conhecer o contexto?

Devemos lembrar que a armadura das Amazonas de Mulher-Maravilha se passa na Primeira Guerra Mundial, onde os Deuses já pereceram, sendo assim anos já se passaram desde sua batalha com Steppenwolf , e grandes mudanças ocorreram durante este tempo. Para quem não entendeu ainda, a foto que Snyder postou mostra um estilo “mais primitivo“, que é de um passado bem distante.

Cena das Amazonas lutando contra Steppenwolf em flashback

Esta cena em questão se trata de um flashback com a primeira invasão de Steppenwolf – isso pode ser visto no trailer final de “Liga da Justiça” -, e que mostra as Amazonas ainda em seu inicio.

As armaduras antigas, como é mostrado na “Era Clássica Grega“, mostra mais o porte atlético, a valorização do corpo, onde a força física, a beleza escultural, entre outros fatores extremamente comuns à época eram bastante cultuados. As mulheres guerreiras da mitologia Grega sempre foram retratadas usando “togas“, ou até semi-nuas e nuas em contos, destacando sempre a agilidade como seu ponto forte.

No longa poderemos ver melhor um pouco a história das Amazonas e suas semelhanças aos Deuses, afinal elas são frutos dos próprios, e sua evolução diante de grandes ameaças, assim como a mudança de suas armaduras.

A intenção de Zack Snyder nunca foi de desrespeitar as mulheres, muito pelo contrário, apenas uma tática de direção e que mostra respeito pela história mostrando a preocupação em mostrar a evolução das mulheres guerreiras de Themyscira com o tempo. Snyder também sempre teve uma visão mais “sensualizada” em seus filmes, não apenas com mulheres, mas tanto com corpo masculino e feminino, o que não torna sua visão necessariamente sexista.

Liga da Justiça tem sua estreia marcada para 16 de novembro e conta com Ben Affleck (Batman), Gal Gadot (Mulher-Maravilha), Henry Cavill (Superman), Jason Momoa (Aquaman), Ray Fisher (Ciborgue), Ezra Miller (Flash),Amber Heard (Mera), Willem Dafoe (Vulko), J.K. Simmons (Comissário Gordon) e Jesse Eisenberg (Lex Luthor) no elenco principal.

Comments

comments