Na semana passada, Brett Ratner, produtor e diretor em Hollywood foi acusado de assédio (veja aqui). Em seu Facebook, Ellen Page, comentou sobre o comportamento de Ratner nos sets de X-Men 3, no qual ele foi diretor:

“Você deveria fo**-la para ela perceber que é gay”. Ele disse isso para mim durante um encontro do elenco e equipe antes das filmagens de X-Men: o Confronto Final. Eu tinha 18 anos. Ele olhou para uma mulher perto de mim, 10 anos mais velha, apontou para mim e disse “Você deveria fo**-la para ela perceber que é gay”. Ele era o diretor do filme, Brett Ratner.

Eu era uma jovem adulta que não tinha se assumido. Eu sabia que era gay, mas não sabia, por assim dizer. Me senti violada quando isso aconteceu. Olhei para os meus pés, não falei nada e vi como ninguém mais falou. Esse homem, que havia me escolhido para o filme, começou nossos vários meses de trabalho em um evento com essa frase horrível (…). Eu continuei vendo-o dizer coisas degradantes para as mulheres. Lembro-me de uma mulher andando no monitor e ele fez um comentário sobre sua “vagina grande”.

O comentário de Retner se repetiu várias vezes na minha cabeça quando me deparava com a homofobia e lidava com sentimentos relutantes e incertezas sobre a indústria e meu futuro nela. A diferença é que agora posso me afirmar e usar minha voz para lutar de volta contra essa atitude transfóbica em Hollywood e além.”

Em seguida também revelou que já foi assediada e se diz arrependida de ter atuado em filme de Woody Allen, que já foi acusado de estrupo:

“O que eu mais quero é que tudo isso resulte em alguma cura para as vítimas. Que Hollywood acorde e comece a tomar alguma responsabilidade em como todos nós tivemos um papel nisso. Quero que todos reflitam sobre essa questão endêmica e como essa dinâmica de poder e abusos leva a uma quantidade enorme de sofrimento. A violência contra as mulheres é uma epidemia nesse país e ao redor do mundo (…). Sou grata a todos que falam contra os abusos e traumas que sofreram. Vocês estão quebrando o silêncio. Você são a revolução”.

Recentemente, Kevin Spacey, foi acusado por Anthony Rapp (Star Trek: Discovery) de assédio quando tinha 14 anos (entenda o caso aqui). Denuncias sobre casos de abusos sexuais em Hollywood ganharam destaque na mídia por conta do caso Harvey Weinstein. Confira AQUI nosso texto especial sobre.

Comments

comments