“Quando se tornou óbvio que eu preciso fazer uma pausa, eu sabia que haveria narrativas criadas na internet. Eles vão fazer o que eles fazem. A verdade é que… Eu me importo sobre esse tipo de coisa agora” – Zack Snyder

 

Olá, Nerds! Sim, hoje estamos aqui para falar sobre um assunto nada agradável, mas necessário. Podem considerar um puxão de orelha, se assim quiserem. Mas, mediante a tal situação, e tais reações vindas da internet, nós, do Ponto Nerd, não poderíamos ficar quietos.

Em tempos de repercussão de uma série como 13 Reasons Why, é bem peculiar que o caso notório de suicídio de Autumn Snyder, ocorrido em março, e revelado recentemente, venha a chamar a atenção. Todos estavam focados e falando do suicídio de adolescentes, afinal tirar a própria vida sendo tão jovem é extremamente chocante e é claramente um farol para a sociedade. Mas, o que tomou os holofotes, não foi esse assunto em questão, mas sim, a decisão do cineasta, pai de Autumn, de se afastar da direção de Liga da Justiça, filme com previsão de estreia para o fim deste ano.

Todos compartilhamos o mesmo amor à cultura Nerd. Fazemos memes com sátiras à personagens e produções, mas sempre sabendo separar a mídia fictícia, da pessoa por trás dela. O que nos motivou a redigir esse texto, é exatamente a raiva, o ódio e principalmente a falta de empatia de alguns comentários que vimos (alguns, leia-se CENTENAS) durante essa semana, após o anúncio feito por Zack Snyder. Muitos sempre o criticaram pelas escolhas que teve como diretor para com o universo DC, e isso foi utilizado como um pretexto para piadas de mal gosto envolvendo seu afastamento do longa devido à morte de sua filha.

Todo o ser humano um dia passará pela dor da morte e do luto pela perda de um ente querido, e isso aconteceu de forma trágica com Zack Snyder. Muitos gostam do trabalho do diretor e muitos não. ISSO É NORMAL! O que não é aceitável, é a falta de respeito que alguns tem tratado o tema. INACEITÁVEL! O respeito pelo ser humano vem acima de qualquer outra coisa, principalmente mediante a uma situação tão delicada onde não temos a dimensão da dor e da dificuldade que é passar um momento como esse, pois perder quem amamos é também morrer um pouco.

Zack se mostrou muito forte em optar por tentar finalizar seu trabalho como uma forma de ocupar sua mente e também em respeito aos fãs e, independente do que achamos do seu trabalho, isso foi lindo! Mas chegou um ponto em que o tormento foi tão grande, que simplesmente não deu mais. Snyder saiu, e ainda sim teve a compaixão (que muitos não tiveram com ele) de deixar alguém de sua confiança para finalizar o filme, enquanto poderia ter somente jogado tudo pro ar, e isso mostra o tamanho de seu caráter e sua devoção ao mundo da sétima arte.

Os heróis que tanto amamos nos ensinam que toda vida tem valor e nos mostram que para sermos como eles, não é preciso usar uma capa e ter superpoderes, mas antes de tudo ter respeito e o amor ao próximo. É isso que os move, É ISSO QUE NOS MOVE. Para sermos pessoas melhores a cada dia, não é preciso muito, é só não ser um babaca. A INTERNET NÃO É TERRA SEM LEI, não seja um idiota, não destile ódio. O mundo precisa de amor! Infelizmente, lamentamos que atitudes como vimos essa semana ainda aconteçam. Elas mostram o pior lado do ser humano, e o oposto do ideal que a cultura nerd acredita e propaga.

O Ponto Nerd é contra qualquer atitude ofensiva. Queremos respeito para tudo e para todos, em qualquer situação.

Colaboração:  André Silva e Edilson Cândido Rezende.

 

Comments

comments