Diretores e roteiristas falaram sobre as dificuldades pra conseguirem lançar o seriado

Lançada no dia 25 de Novembro na Netflix, a série 3% percorreu um árduo caminho, mas acabou caindo na graça do publico e já tem uma segunda temporada garantida, leia mais aqui. Durante a Comic-Con Experience desse ano, César Charlone, indicado ao Oscar de Melhor Fotografia por “Cidade de Deus”, os roteiristas e diretord Pedro Aguilera, Dani Libardi, Daina Giannecchini e Jotagá Crema   falaram sobre as dificuldades que tiveram até o lançamento da série.

Painel começou com um pequeno vídeo dos bastidores das filmagens e uma pequena introdução ao universo da série. Em seguida, participantes falaram sobre inicio de tudo, quando 3% era apenas um piloto, segundo eles, algumas das principais inspirações para o projeto foi 1964 e Admirável Mundo Novo  e que sempre desejaram fazer algo de gênero no Brasil, “E preciso acreditar nos seus sonhos, botar o pé na porta, fazer acontecer. É muito difícil tentar e não conseguir, mas o fato de estarmos juntos, fez com que a gente não desistisse”.

Em meio a parte do elenco principal surgiu e falaram brevemente sobre a experiencia que foi trabalhar em 3%, “foi maravilho, nos deixaram a vontade a todo momento, era uma sensação diferente e incrível a cada dia”, disseram. “É um projeto que irei levar pro resto da minha vida”, comentou Michel Gomes, que integra parte do núcleo principal da série.

Trama se passa em um mundo pós-apocalíptico dividido entre progresso e devastação, a única chance dos sobreviventes passarem para “o lado melhor” é por meio de um processo cruel – e nem sempre justo – onde somente 3% dos candidatos são aprovados. Veja o trailer:

Veja também algumas fotos do painel:

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

 

Comments

comments