Daisy Ridley falou sobre o possível parentesco das personagens

Em uma entrevista à Vulture, a atriz Daisy Ridley voltou a comentar sobre o possível parentesco entre Rey, sua personagem em Star Wars: O Despertar da Força e Jyn Erso (Felicty Jones), protagonista de Rogue One: Uma História Star Wars. A atriz afirmou que, na sua opinião, Jyn não deve ser a mãe de Rey, mas sim sua avó, devido a diferença de idade entre as duas.

“Eu acho que [Jyn ser mãe de Rey], historicamente, não iria funcionar, porque Darth Vader está no filme e ela, no final das contas, poderia ser sua bisavó; ou melhor, avó. Mas, quero dizer, isso poderia acontecer, especialmente numa galáxia muito, muito distante”, falou a atriz.

Ridley declarou recentemente em entrevista que os verdadeiros pais de Rey serão revelados apenas em Star Wars: Episódio 8. “Veremos daqui a um ano. Então segure as pontas”.

Questionada sobre o filme Rogue One, o primeiro derivado da saga, Daisy diz estar animada e inclusive já saber o final da trama.

“Estou empolgada para ver como o filme será, porque eu ouvi falar que é tão diferente [dos longas da saga]e independente. Não faço ideia do que vai acontecer – eu sei o final, mas não tenho ideia do que realmente acontece no filme”.

Felicity Jones será a protagonista Jyn Erso, uma soldado da Resistência. Riz Ahmed, Ben Mendelsohn, Jonathan Aris, Diego Luna, Jiang Wen, Forest Whitaker, Mads Mikkelsen e Alan Tudyk compõem o elenco. Darth Vader faz uma participação especial no longa.

Com roteiro de Chris Weitz e direção de Gareth EdwardsRogue One: Uma História Star Wars chega aos cinemas em 15 de dezembro deste ano, preparando terreno para a estreia de Star Wars: Episódio 8 em 2017.

Comments

comments